terça-feira, 4 de março de 2008

quase.

perdendo pedaços meus por aí. e eu faço minhas preces toda noite.

-

18 comentários:

Joyce Angélica disse...

ouchi. que foi, minha flor?

Júnior Creed disse...

e no meio disso tudo, a carta finalmente chega...

Thainah A. disse...

e em pedaços ela chega até lá em cima?

Anna Flávia. disse...

o pior é que falta tempo pra gente juntar os pedaços, né? só com preces...

beijo!

Gabriela. disse...

Manda um pedaço pra Bahia, manda!!

Anônimo disse...

Peça que deus reconstrua seus pedaços e monte tudo o que se perdeu...


não fiques assim, o sol nascerá amanha de novo....

beijos

The Thinker disse...

Olá menina !!!!

Tempos como esses sabor UVA !?!?!?!
Diferente!

Não perca pedaços seus por ai n! Faça algo ou alguém para montar esse quebra-cabeça !

Fica bem. me conte o pq?

Bjaaooooooo!


Força Sempre ! MSM!


www.think.blig.com.br

Anônimo disse...

Eu tenho e você também. =]~

Dá pra adicionar nisso? x__x~

Pedro Gabriel disse...

eu adoro o "Quase". Quase ter amado, quase ter sofrido, quase ter pensando em dizer, quase não ter dito..quase sempre, quase nunca...enfim o ESTADO QUASE é o melhor estado para escrever, eu acho. O texto fica entupido de dúvidas, de indefinições...assim como a vida.

brigado pelas constantes visitas.
grande beijo.
;-)

AH ! e a idéia de publicar o blog..po seria uma ótima ideia..haha já pensei algumas vezes..mas sei lá..fico indeciso sempre.
;-)

Fê Probst disse...

Triste não é perder-se. É não mais reencontrar-se

Anônimo disse...

simboora, Morganna, minha flor!

lia. disse...

deixando e levando um pouco, brilhantinha.

ficou ton ton bonita a nova cor.
nhadorei

;)

Bárbara (B.) disse...

Cuidado pra não chegar ao último pedaço...

Bárbara (B.) disse...

PS: Eu também sou fã da Lúcia. ;)

Anônimo disse...

Acho seu blog um encanto.
Já tinha vindo outras vezes, mas essa é a primeira vez que comento.

Gosto do seu jeito de escrever.

=)

Vitor Freire disse...

Não me pergunte porquê mais estalar os dedos me lembra Seu Gavião. Ele tinha um jeito muito peculiar de fazer. Uma vez, ele, um senhor com o rosto todo navalhado de tempo, disse assim: "Chorar é difícil pra dentro. Sorrir é difícil pra fora."

Obrigado pelo aceno. O rastro deixado. Aproximo aqui minha estranheza com encanto.

Saravá!

d. disse...

faz preces para não perder-se? perder-se é bom, perder os pedaços, mesmo que doa. maturar.

:*

Anna Flávia. disse...

ué, tinha outro post aqui, não tinha? um chamado 'bagunça'. beijos!!