terça-feira, 13 de maio de 2008

eu não aprendi a falar.

ela falava muito e ainda assim, permanecia sempre em silêncio. e das tentativas de aprendizagem, a de falar era a que mais deixava machucados.
-

27 comentários:

Camilinha disse...

Tão, tão isso mesmo... que fiquei sem palavras...

vc é arquiteta?

beijos daqui...

Camilinha disse...

Sou sim. Arquiteta de alma.
E minha família é de Fortaleza. Aliás tenho primas aí que são arquitetas também...

então temos coisa em comum, menina...
que sorte a minha...


beijos daqui...

Camila disse...

(Mas que belo este desenho!)

Ah, preciso aperfeiçoar a arte da fala, também!

Jeferson disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Jeferson disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Emely disse...

...mais o belo aprendizado é o que se expressa ,Silencio!

=)
Paz Menina

Anônimo disse...

Falar é difícil mesmo. Pra aprender, a gente precisa ouvir...

Adorei seu blog!

Beijos.

Lia disse...

lindo desenho, como seeempre ;)
também não sei falar. me confundo toda com as palavras e acabo dizendo o que não quero. tão difícil se expressar sem ser através das letras. beijo bem enorme
*=
.

Melissa disse...

Aprendi que pessoas quem falam pouco são ponderadas e geralmente pensam mto!!!

E isso ñ é nada ruim...

Adoro aqui!!!

:0)

di - o - go disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
di - o - go disse...

adormecidamente machucado por falar demais e permanecer em silêncio. isso realmente machuca.
e hoje, exatamente hoje, não tenho serotonina correndo nas veias. silêncio.



menina, gosto bastante de ti, viu?
beijo grande!

Maria Fernanda disse...

O silêncio sempre diz muito mais do que as palavras. Talvez porque o silêncio não possa ser interpretado errado: é silêncio e pronto. As palavras, quando ditas, podem soar diferente aos ouvidos de quem as ouve e causar confusão; machucados; feridas.

Aline disse...

É que... é que...

Putz. Nem dá pra falar nada não.

Lúcia disse...

Verdade, meu anjo... eu devia te escrever...!

Deixa eu chorar no seu colo um pouquinho, deixa? É que as coisas estão, de repente, tão difíceis... tudo resolve cair ao mesmo tempo...

Eu sei o que é isso de que tu fala. E eu fui aprendendo aos trancos mesmo. Um dia a gente aprende, seja por um motivo ou outro. É só não se esquecer de que silêncio às vezes é bom...

Beijos minha coisa linda!
Saudades de ti!

Lúcia disse...

Ah, sim: vou dar uma olhadinha na Bravo! pra me inteirar sobre o assunto, e o parágrafo chega em breve! ^^

Natiih disse...

Lindinhoo!
Adorei o seu bloog,
beijos!

Dani disse...

ai, ai, também ainda não aprendi!!!! :)

AFlavis disse...

é preciso cautela.

beijos

Violeta disse...

sou eu
sou eu
nesse texto e no desenho, rs
.
beijos fofanucha
.

julio de castro disse...

aprender é fácil. complicado é desaprender. já desaprendi a falar algumas vezes, e lembro de já ter desaprendido a calar. também não foi legal.

ainda faço um desenho assim.

abraço.

MCI disse...

Morganna!
Que felicidade descobrir este seu cantinho!
CORES, meu Deus! MUITAS!
Como é bom se sentir em casa em presença do outro.
Estou ansioso para começar a ler todos os outros textos.
Ansioso pra saber o grau de parentesco das nossas crianças internas.
E como dizer seria bem pouco, faço uso do sagrado silêncio.
E SINTO.
Apenas.

...

Um beijo!

MCI disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Nanita disse...

as vezes o silencio vale por muitas palavras, esse desenho veio me trazer lembranças da minha infancia :D tão bom,.

Fabrício Persan disse...

e eu q falo mais q tudo ???
Só ando me machucando... preciso de um filtro primeiro... pra q nem tdo q eu pense.. seja pronunciado.
abçO

d. disse...

"tão pouco pra dizer e tanto tempo sobrando"

Leonardo Werneck disse...

Gostei de vir aqui!!

O Profeta disse...

Solta nota de uma flauta
Um retrato preso à mão
Um tambor fora do compasso
Segue o bater de coração


Convido-te a partilhar as emoções
Deixadas pelos ponteiros de um relógio…


Boa semana


Mágico beijo