sexta-feira, 16 de maio de 2008

Morte e Vida Zabarina

*Texto desprovido de qualquer valor literário. ou não.

O passarinho amarelo andava pela rua e disse ‘oi’ ao passarinho roxo, mas não obteve resposta.
O passarinho amarelo, Zabaré, resolveu, então, dar um tapa na cara do pintinho roxo, chamado Pipate.
Zabaré disse:
- E agora passarinho metido? Duvido que não vai mais me responder!
O passarinho roxo na sua solidão de sons, banhado pela injustiça de não dar uma resposta à altura e desprovido de força, o pequenino passarinho resolve fugir para um lugar onde os mudos são ouvidos e a imaginação falasse alto. Voou para longe, para esconder-se nas nuvens e ficar mais perto de Deus.
Zabaré morreu sem respostas, nem do passarinho roxo, nem de seu próprio ego, preso na inveja de não tirar os pés do chão.

*fim*

-Oh, pobre Zabaré! (comentário da Taês)

Então, o texto foi feito no ano passado, numa das aulas chatas do segundo ano. Escrito pelo Alan e pela Jéssika. Minha contribuição foi com o título. Ow, yeah!

22 comentários:

Lúcia disse...

Na verdade fui eu que falei aquilo pro meu pai durante uma conversa nossa. E eu ADOREI o selo viu! Já peguei e vou falar dele no próximo post! ^^

E... "Texto desprovido de qualquer valor literário"?? Achei tão bonito... e triste... E quem foi que disse que não temos o direito de nos calar?!! Ah, temos sim!

E adorei o título!
Por mais que João Cabral de Melo Neto esteja agora a se revirar no túmulo...! :)

Beijos minha linda flor!

Morganna disse...

é que nesse tempo Morte e Vida Severina tava bombando! :D

Lu linda! :*

julio de castro disse...

só podia dar nisso mesmo. roxo e amarelo sempre se olham, mas nunca se tocam, na infindável ciranda cromática da matéria.
imagino que o passarinho roxo fugiu rumo ao azul do céu para não manchar com seu vermelho o chão marrom. e sobre o passarinho agressor, só não foi engaiolado, aposto, pq era réu (e cor) primário.

abraço, moça. adorei o post.

Anônimo disse...

eu adorei o texto, Morganna.
' faz silêncio pra ouvir.

Anônimo disse...

eu adorei o texto, Morganna.
' faz silêncio pra ouvir.

açúcar ou samba. disse...

que história triste

se escondeu nas nuvens =~

Bárbara (B.) disse...

Risos. Até que eu gostei, especialmente do título.

Beijo meu.

Desajustada disse...

é esse Zabaré é metido a valentão, tsc, ele é tão pobre de imaginação.

beijos

Camilinha disse...

tem tanto zabaré por aí... zangando do silêncio dos outros...

gostei do texto...

e meu comentário também não tem nenhum valor literário...rs

beijos daqui...

disse...

Adorei o texto e o título... mto bom! rs.

Saudades, menina quase conterrânea. Cara, tá todo mundo ir morar na tua terra, que coisa!

Lia disse...

tão suave, tão.
adorei as palavras. adoro coisinhas sem valor literário :)
beijinhos
*=
.

Dani disse...

hihih... adorei! lembrei das redações coletivas que a gente fazia na escola. A folha ia passando e cada um ia colocando seu pitaco. Imagina o que saia no final! criatividade pouca é bobagem! rs... beijocas, querida!

MCI disse...

Vou responder, então, só assim:

...

E que meu abraço e meu carinho digam todo o resto.

Um beijo grande, querida Morganna.

Melissa disse...

Achei o texto tão lindinho...
Tirar os pés do chão e ter coragem de voar.

bjo gde!!!

Bárbara (B.) disse...

O adeus não era para o blog. ;)

Beijo, linda.

Jéssika disse...

hahaha... isso é que eu chamo de reciclagem de idéias... mas pelo visto ninguém percebeu neh? Melhor assim... vai arrancar mais risos... hahaha. Bilirrubina pura... eh isso q eh... retrocesso literário. Cansei de ser autista. Tempos retrógrados mandam lembranças! Brigitte agora na volta da Jurema, dando close negativo, curtino sexo, drogas e rock*n*roll. HAHAHAHHAHAHA...sabe o q eu acho de tudo isso neh? BIZAAARRO! MTO BIZAAARRO!

Morganna disse...

o comentário acima é inválido! e isso tá virando uma bodega! ora! briggite, tu lá sabe de nada! ahuahauahuahu :D

Briggite Ruleeez!
:*

Jéssika disse...

Não sei de nada, mas sei fazer um texto frescando e mesmo assim todo mundo gostou! ^^.
VocÊ devia mostrar aquela poesia q a gente fez! Ah... esqueci... aqui no blog vc se finge de "politicamente correta".

Vlw Morganna!

Jéssika disse...

Não sei de nada, mas sei fazer um texto frescando e mesmo assim todo mundo gostou! ^^.
VocÊ devia mostrar aquela poesia q a gente fez! Ah... esqueci... aqui no blog vc se finge de "politicamente correta".

Vlw Morganna!

Jéssika disse...

obs.: não é TaÊs!!! é Taís!!
oww retrocesso ortográfico...
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Jéssika disse...

obs.: e naum foi numa aula chata... foi na aula de literatura sobre João Cabral de Melo neto... naquela parte do modernismo.

Morganna disse...

vai ficar sem clorofila uma semana. lero-lero. sem clorofila e sem biscoito e sem bombom. bah!